Endereço

Rua Major Belo Lisboa, 22

Telefone

(35) 3622-3547

Metal Mecânico define estratégias para 2016

Notícias

Identificar as demandas e definir as melhores estratégias e ações para o fortalecimento do setor foram alguns dos principais objetivos da 1ª Reunião do Grupo Metal Mecânico no ano. O encontro, que reuniu empresários e gestores das indústrias itajubenses, aconteceu na unidade do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) de Itajubá, em 10 março.

O grupo, ligado ao Sindicato das Indústrias de Itajubá (SIMMMEI), retomou as atividades debatendo pautas sobre a última etapa do programa de incentivo às indústrias do setor Metal Mecânico, a destinação da verba proveniente da parceria com o Serviço de Apoio ás Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o cronograma de ações que serão realizados durante o ano.

O programa de incentivo, promovido pelo Sebrae e executado pelo Instituto IEBT, realizou diagnósticos das empresas e pesquisas de mercado para levantar potenciais nichos de negócios e aproximar potenciais clientes. Já os recursos do Sebrae para o ano poderão ser direcionados às demandas na área de consultoria e certificação ambiental, consultoria contábil e financeira ou outra demanda levantada pelo grupo – de acordo com as necessidades identificadas.

“Essa retomada dos trabalhos do grupo é muito importante para ouvirmos as demandas e necessidades das indústrias e definirmos nossas ações para articular soluções e buscar recursos. Precisamos estar unidos para estabelecer estratégias que beneficiem a todos e fortalecer o setor”, explicou o coordenador do Grupo,MarceloFonseca Bortoloti, da empresa Gima Máquinas. Marcelo ainda destacou a relevância de se pensar nas adequações ambientais para evitar a possibilidade das indústrias receberem multas pelos órgãos responsáveis.

Para o diretor da GNS indústria e Comércio, Nilson José de Faria, a articulação conjunta dos empresários por meio do grupo Metal Mecânico e o apoio do SIMMMEI são essenciais para o setor superar obstáculos. “Precisamos definir nossas demandas e somar forças para gerar benefícios coletivos. Podemos alavancar os negócios utilizando estratégias que tragam novos mercados e clientes. Estamos com boas expectativas sobre o programa executado pelo IEBT e sobre as novas ações que serão executadas em 2016”, contou.

 

 

Fonte: Contexto

Compartilhar :

Últimas Notícias

Categorias

Have Any Question?

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod
Pular para o conteúdo