Endereço

Rua Major Belo Lisboa, 22

Telefone

(35) 3622-3547

Metal Mecânico: parceria com o Sebrae

Notícias

Programa de incentivo ao setor metal mecânico de Itajubá apresentou os primeiros resultados durante encontro realizado na Associação Comercial e Industrial de Itajubá (Aciei), em 9 de dezembro. A inciativa, promovida pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), tem como foco o desenvolvimento das empresas integrantes do Grupo Metal Mecânico, do Sindicato das Indústrias de Itajubá (SIMMMEI).

A ação, que já foi realizada em Belo Horizonte, está sendo desenvolvida em Itajubá, desde setembro, pelo Instituto EBT. A partir de um estudo das empresas inscritas no programa, foram apresentadas as potencialidades de mercado, sugestões de novos produtos que possam atender demandas levantadas e a prospecção de novos clientes. A avaliação também mostrou os principais gargalos e entraves para o crescimento das empresas e os caminhos para se aumentar o volume de negócios.

A analista técnica do Sebrae na Microrregião de Itajubá, Elaine Rezende, destacou que o projeto busca gerar o crescimento do setor, viabilizando a realização de novos negócios e novas parcerias para as empresas do município e da região. “Queremos expandir o horizonte de oportunidades das empresas locais, permitindo que tenham clientes em áreas diversificadas e de diversas localidades, além de Itajubá. É uma ação estratégica de fomento ao crescimento”, contou.

Para o coordenador do Grupo Metal Mecânico, Carlos Vasconcelos, há grandes expectativas por parte das empresas com o programa. “Em vista do cenário econômico nacional, é muito importante as estratégias oferecidas a partir dessa parceria com o Sebrae e o IEBT. Esperamos resultados positivos, com o aumento da nossa agenda de clientes, o volume de negócios e, consequentemente, o faturamento. É preciso sempre buscar o melhoramento contínuo e caminhos alternativos para superar os obstáculos”, disse.

“Após a identificação das competências das empresas e mapeamento do mercado por meio de entrevistas e pesquisas, encontramos soluções e alternativas para a expansão dos negócios do grupo. Avaliamos, por exemplo, uma janela de oportunidades no setor alimentício, que necessitam de máquinas e não tem suas demandas preenchidas. Nas próximas etapas, colocaremos em contato as empresas dos dois setores e daremos todo suporte e treinamento necessários para a concretização de novos negócios”, explicou a gerente de Projetos do IEBT, Bruna Pereira.

 

 

Fonte: Contexto Assessoria em Comunicação

Compartilhar :

Últimas Notícias

Categorias

Have Any Question?

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod
Pular para o conteúdo