Endereço

Rua Major Belo Lisboa, 22

Telefone

(35) 3622-3547

SIMMMEI distribui mudas no Dia da Árvore

Notícias

Representantes do Grupo Estratégico de Meio Ambiente (GEMA) do Sindicato das Indústrias de Itajubá (SIMMMEI) participaram de ação voluntária ecológica, em 20 de setembro, na Feira Agroecológica e Cultural de Itajubá (FACI), que acontece toda quinta-feira na Praça Jornalista Sebastião Inocêncio, no bairro BPS.

O evento também marcou as atividades pelo Dia da Árvore, que é comemorado em 21 de setembro. Foram distribuídas em torno de cem mudas de árvores, como ameixa amarela, ipê branco e amarelo, pitanga, goiaba, nêspera e grumixama. A atividade na FACI contou com o apoio do Grupo de Dispersores, uma ONG de Brazópolis que realiza projetos socioambientais.

“Esse projeto do GEMA é incrível porque ajuda a tornar o ambiente urbano, até mesmo o rural, mais verde, o que melhora a qualidade de vida de todos”, disse o estudante Alfredo Ferreira, que levou para casa uma muda de nêspera. Ele pretende plantar a árvore frutífera em sua casa, no bairro Anhumas.

Para a técnica da ONG Dispersores, Bruna Nascimento, essa parceria com o GEMA “foi muito interessante porque permitiu a sensibilização das pessoas” que frequentam Feira Agroecológica e Cultural de Itajubá. “Espero que possamos realizar novas parcerias com o grupo”, ressaltou. Ela estava acompanhada pela também técnica da ONG, Patrícia Noronha.

“A doação das mudas na FACI é sempre muito prestigiada pela população, somos muito bem acolhidos por todos. Isso é muito gratificante para todos os representantes do GEMA porque é um indicativo de que conseguimos atingir nosso objetivo principal: incentivar a população a plantar uma árvore e colaborar com o meio ambiente”, ressaltou a gerente do SIMMMEI, Sandra Márcia Cortez Ribeiro.

Nascentes

Um dos projetos desenvolvidos pela ONG é o De Olho nos Olhos – Proteção e Recuperação de Nascentes, que pretende recuperar 200 nascentes no Sul Minas. O projeto começou em 2016 e deve terminar no início no próximo ano.

“O projeto visa dar assistência ao produtor rural que, às vezes, não tem como recuperar uma nascente por conta própria. O projeto disponibiliza assistência técnica, mudas, mão de obra e materiais necessários para fazer a separação da área a ser recuperada, como mourões e arame farpado”, explicou Bruna Nascimento. A ONG produz 50 mil mudas por ano. São mais de 50 espécies nativas da Mata Atlântica.

Este foi o quarto que a ação do Dia da Árvore foi realizada na Feira Agroecológica e Cultural de Itajubá (FACI). Participaram da ação membros das empresas que integram o Grupo Estratégico de Meio Ambiente: Alfresa, Balteau, Cabelauto, Fânia, Frivasa, GE, Helibras e Stabilus.

 

Fonte: Agência Contexto

Compartilhar :

Últimas Notícias

Categorias

Have Any Question?

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod
Pular para o conteúdo